Alumínio
Corrimão
Escadas
Estruturas Metálicas
Grades
Guarda-Corpo
Janelas
Mezanino
Pantográficas
Portas
Portões
Fachadas
Automatização
Manutenção e Reformas
Seu Nome: 
Seu E-Mail: 
SMS: DDD + Celular
-
Estado Onde Mora:
Cidade Onde Mora:
:: ARTIGOS
[25/03/2009 07:26:45]
PINTURAS ELETROSTÁTICAS

Pinturas Eletrostáticas
O processo de pintura eletrostática a pó é um sistema simples e conveniente para acabamento em materiais ferrosos, ou outros metais, amplamente utilizado no mundo todo, fornecendo assim, excelente acabamento e proporcionando aspecto decorativo.

Características da pintura Eletrostática
• Resistência: à abrasão, ao impacto, as intempéries, aos raios ultravioleta, a ação dos ácidos e dos álcalis.
• Manutenção duradoura da cor e do brilho
• Melhor proteção da superfície
 
Aplicação do pó e Cura
A pistola eletrostática carrega eletricamente as partículas de pó ionizando o ar em sua volta, tornando-as atraídas pela peça. Após este processo, o material é depositado dentro da estufa de cura, no qual permanece até atingirem dez minutos a duzentos graus. As partículas de pó se fundem na peça formando uma película protetora com camadas que variam de 60 a 80 micra.

AS SUPERFÍCIES PINTADAS E O AMBIENTE
Como qualquer outro elemento as superfícies pintadas estarão sempre sujeitas a influência dos fatores ambientais que poderão ser específicos ou combinados conforme o caso.
 
RADIAÇÃO ULTRA VIOLETA: maior em zonas marítimas.
 
ATMOSFERA POLUÍDA: Fumos industriais e produtos químicos. Agentes poluentes e incrustações por acúmulo de pó.
 
ATMOSFERA LITORÂNEA: Acúmulos salinos ou maresia causam embaçamento. Sais marinhos podem afetar o substrato.
 
EROSÃO: combinação - vento, areia e detritos provocam danos a superfície.
 
 
 
<< VOLTAR <<

  © Seralheria Objetivo 2009 - Todos os direitos reservados Powered by GTRCMS